SES afirma que RS não tem suspeita de reinfecção por coronavírus

SES afirma que RS não tem suspeita de reinfecção por coronavírus

Entidades brasileiras estudam 20 casos de reinfecção do vírus no Brasil

Correio do Povo

Entidades brasileiras estudam 20 casos de reinfecção do vírus no Brasil

Nenhum dos 20 supostos casos de reinfecção da Covid-19 em investigação no Brasil está no Rio Grande do Sul, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (SES). Nesta semana, a Universidade de São Paulo (USP) e a Fiocruz anunciaram que estão analisando 20 pacientes com suspeita de terem contraído o coronavírus pela segunda vez.

O primeiro caso reportado pela USP, no início de agosto, foi de uma técnica em enfermagem de 24 anos que voltou a ter sintomas pouco mais de um mês após testar positivo. Na 1ª vez, em 13 de maio, os sintomas acabaram em 10 dias e ela passou os 38 seguintes assintomática. Depois, em 27 de junho, teve forte dor de cabeça, dor muscular e de garganta, mal-estar, febre, perda de olfato e paladar.

No 5º dia em que os sintomas voltaram, ela teve diagnóstico positivo. Os sintomas sumiram após 12 dias, mas a dor de cabeça e a perda parcial do olfato persistiram até 6 de agosto, quando a pesquisa foi divulgada. Na época, ela ainda testava positivo.

Primeiro caso confirmado de reinfecção

O primeiro paciente a ter a confirmação da reinfecção é de Hong Kong, na China. O Os dois vírus que o paciente teve foram isolados e sequenciados, o que revelou que pertencem a linhagens diferentes. Essa constatação tem impacto em uma futura vacina e também em outro aspecto crucial da pandemia: a possibilidade de uma imunidade de rebanho.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895