Sindicato dos Rodoviários entra com ação contra empresa por falta de pagamento

Sindicato dos Rodoviários entra com ação contra empresa por falta de pagamento

Nortran tem cinco dias para responder à Justiça do Trabalho

Felipe Samuel

Sindicato espera que a Justiça determine o pagamento na integralidade dos recebíveis salariais

publicidade

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Porto Alegre (Stetpoa) entrou com ação na Justiça do Trabalho contra a Nortran, que tem sede na Zona Norte, após a empresa deixar de enviar a documentação necessária de 300 rodoviários conforme exigido pela MP 936 para regra de redução salarial. Como a Nortran não cumpriu o prazo exigido pelo governo federal, os trabalhadores ficaram sem receber parte do salário que deveria ser quitado com auxílio do governo federal.

De acordo com o vice-presidente do Stetpoa, Sandro Abbade, a direção da empresa admitiu que não encaminhou os documentos conforme as exigência do governo. A ação foi protocolada nessa terça-feira. A Nortran tem cinco dias para responder à Justiça. De acordo com Abbade, o objetivo é buscar a garantia dos direitos do trabalhadores e o amparo da lei. 

Conforme o dirigente, o sindicato espera que a Justiça determine o pagamento na integralidade dos recebíveis salariais. "Sindicato entrou com ação trabalhista pedindo esclarecimentos e resguardando principalmente o salário daqueles trabalhadores que não receberam", afirmou.

Ele garantiu que a empresa não atendeu à maioria dos trabalhadores quando ordenou, de forma emergencial, o pagamento de um 'vale-adiantamento', a ser descontado no próximo vencimento. "Mais uma vez prejudicou muitos trabalhadores que não receberam o valor esperado para o período", completa. 

A Nortran informou que só vai se manifestar após análise do setor jurídico da empresa.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895