Sobe para 14 número de pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul

Sobe para 14 número de pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul

Metade dos pontos ficam no Litoral Norte, de acordo com levantamento da Fepam

Rádio Guaíba

Fepam colocou 14 pontos como impróprios para banho no RS nesta semana

publicidade

O levantamento de balneabilidade realizado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) colocou 14 pontos como impróprios para banho no Rio Grande do Sul nesta semana. As informações aparecem no 8° boletim do projeto Balneabilidade da temporada 2020/2021.

Ao todo, os técnicos da Fepam analisaram 90 pontos, localizados em 43 municípios, e identificaram irregularidades em sete pontos no litoral Norte, cinco na região Central e dois na região Sul. Na semana passada, o levantamento havia apontado seis pontos sem condições de balneabilidade.

Já em Porto Alegre, o relatório de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira, pela Secretaria de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade, indicou que todos os seis pontos analisados nos bairros Lami e Belém Novo possuem águas próprias para banho.

Veja os locais em que o banho não é recomendado, de acordo com a Fepam:

  • Arroio do Sal – Balneário de Arroio do Sal – em frente ao Hotel D’Itália
  • Cachoeira do Sul – Praia Nova – Rio Jacuí
  • Capão da Canoa – Balneário de Arroio Teixeira – em frente ao Hotel Linhares
  • Cidreira – Concha Acústica
  • Cidreira – Rua Calábria
  • Imbé – Balneário de Mariluz – em frente ao Hotel Mariluz
  • Pelotas – Balneário dos Prazeres, em frente à estátua de Iemanjá
  • Santa Maria – Balneário Passo do Verde – Rio Vacacaí
  • Santiago – Balneário Distrito de Ernesto Alves – Rio Ibicuí
  • São Francisco de Assis – Balneário de Jacaquá – Rio Ibicuí
  • São Francisco de Assis – Balneário Poço das Pedras – Arroio Inhacundá
  • São Lourenço do Sul – Praia das Ondinas
  • Tramandaí – Av. da Igreja
  • Tramandaí – Plataforma

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895