Sobe para oito o número de mortos no desabamento em Capitólio (MG)

Sobe para oito o número de mortos no desabamento em Capitólio (MG)

Duas pessoas seguem desaparecidas. Mergulhadores estão nas águas realizando as buscas

Correio do Povo e R7

Oito pessoas morreram em decorrência do desabamento em Capitólio, em Minas Gerais

publicidade

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou, na manhã deste domingo, a oitava morte em decorrência do desabamento da rocha do paredão de cânion da lagoa das Furnas, em Capitólio (MG). Equipes que atuam nos trabalhos de buscas encontraram um corpo masculino, que estava submerso. Duas pessoas seguem desaparecidas. Os mergulhadores estão nas águas do local realizando as atividades de buscas.

De acordo com o Major Rodrigo Castro, que atua nos trabalhos, o oitavo corpo foi encontrado inteiro e encaminhado para o posto de comando, onde serão realizados os procedimentos de identificação. As buscas foram retomadas logo cedo neste domingo. Uma guarnição saiu de Passos, no Sul de Minas, por volta de 5h, com barcos e equipamentos de mergulho para iniciarem os trabalhos. 

Cerca de 50 militares, entre bombeiros e militares da Marinha do Brasil, trabalham na operação de busca. A operação conta 11 mergulhadores, além de 4 lanchas e 3 motos aquáticas da Marinha do Brasil e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais lançadas no local de busca já delimitado. Outras 7 viaturas apoiam os trabalhos.

Conforme a corporação, os desaparecidos estavam na mesma embarcação, denominada Jesus. Os sobreviventes do acidente foram encaminhados para os hospitais da região. Duas pessoas foram encaminhadas com fraturas expostas para um hospital em Pium-í e quatro vítimas estão em estado estável na Santa Casa de Passos. A rocha que caiu atingiu pelo menos quatro lanchas. 

Veja Também

Vídeos mostram o resgate e os banhistas deixando o local do acidente:



Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895