STF autoriza trabalho remoto de servidores até janeiro de 2021

STF autoriza trabalho remoto de servidores até janeiro de 2021

Resolução assinada pelo presidente da Corte visa manter o isolamento social dos funcionários em meio à pandemia

R7

Toffoli destacou a eficiência das ações tomadas pelo STF para afastar o coronavírus dos corredores da Corte

publicidade

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, assinou nesta quarta-feira uma resolução para estender a possibilidade de trabalho remoto dos servidores da Corte até o dia 31 de janeiro de 2021. A medida visa manter o isolamento social dos funcionários da Corte em meio à pandemia do novo coronavírus.

"Fica estabelecido modelo diferenciado de gestão de atividades voltado para a entrega de resultados nos trabalhos realizados nos formatos presencial e à distância, a ser aplicado entre 1º de junho de 2020 e 31 de janeiro de 2021", determinou o ministro.

Na decisão, Toffoli destacou a eficiência das ações tomadas pelo STF para afastar o coronavírus dos corredores da Corte. "Até a presente data não houve registro de casos confirmados da Covid-19 entre servidores do Tribunal", destacou ele.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895