Surtos por Covid-19 registram estabilização em patamar elevado no RS

Surtos por Covid-19 registram estabilização em patamar elevado no RS

Boletim apontou que Estado possui atualmente 169 contaminações em massa

Correio do Povo

Boletim apontou que Estado possui atualmente 169 contaminações em massa

publicidade

Após uma crescente de surtos por Covid-19 nos últimos meses, o Rio Grande do Sul vive agora um cenário de estabilização em patamar elevado. Conforme o boletim epidemiológico estadual, atualmente são 169 surtos ativos em solo gaúcho, 18 a menos do que o reportado no levantamento anterior. Hoje, são mais de 98,5 mil pessoas em risco de contágio por conta dessas situações.

As contaminações registradas em Instituições de Longa Permanência para Idosos seguem representando metade do total de surtos. Desde o início da pandemia, contaminações em massa reportadas à Secretaria Estadual de Saúde já deixaram quase 170 mil pessoas expostas ao coronavírus. 

Com 23 surtos ativos, Caxias do Sul é o município que reúne o maior número de contaminações. São 2.260 pessoas expostas ao vírus, além de duas mortes em decorrência dos surtos, conforme os dados estaduais. Com 1.174 mortes por Covid-19, município da Serra é o terceiro do Estado com o maior número de óbitos – ficando atrás de Porto Alegre e Canoas. Já em número de casos confirmados, possui o segundo maior volume: 55.933 positivados.

Veja Também

RS zera alertas de regiões

Alegando melhora nos indicadores da rede hospitalar, o governo gaúcho zerou as bandeiras de Alertas do Estado - aquelas que indicam tendência grave frente à pandemia. Em anúncio nesta quarta-feira, o governador Eduardo Leite informou que Cachoeira do Sul, Caxias do Sul, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Santa Rosa e Uruguaiana estão liberadas para protocolos mais flexíveis. 

"Os indicadores estão melhorando, não estamos em situação de tranquilidade, mas os indicadores nos mostram a possibilidade de retirar todos os alertas. Temos uma tendência persistente de redução de internações clínicos e de UTIs", pontuou Leite, que participou da transmissão ao vivo de Brasília. 

O governador também exaltou o avanço da vacinação contra a Covid-19 em solo gaúcho, que hoje alcançou a marca de 50% da população residente com ao menos uma dose do imunizante. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895