Taxa de ocupação de UTIs apresenta estabilidade no Rio Grande do Sul

Taxa de ocupação de UTIs apresenta estabilidade no Rio Grande do Sul

Porto Alegre registra 87,95% de lotação, com 810 hospitalizações nesta sexta-feira

Felipe Samuel

Em Porto Alegre, houve redução do número de pacientes internados com Covid-19

publicidade

O Rio Grande do Sul tem, nesta sexta-feira, 3.024 pacientes em estado grave, com taxa de ocupação geral de 87,7%, o que representa estabilidade em relação à véspera. Conforme a Secretaria Estadual da Saúde (SES), 1.892 hospitalizações eram de pessoas com diagnóstico positivo para a Covid-19, o equivalente a 62,6% das internações. 

Pelo terceiro dia seguido, os leitos privados operam acima da capacidade, com 931 pacientes e 101,4% de lotação. As internações via SUS apresentaram leve queda em relação ao dia anterior, com 82,7% de ocupação, com 2.093 leitos ocupados de 2.531 disponíveis. Mais cedo, a SES confirmou 133 mortes pela doença, totalizando 29.484 óbitos desde o início da pandemia.

Em Porto Alegre, houve redução do número de pacientes internados com diagnóstico da doença, com 392 hospitalizações em UTI. Outros 16 pacientes com a doença aguardavam por internação em emergência. Na quinta-feira eram 410. A taxa de ocupação geral apresentava estabilidade, com 810 hospitalizações e 87,95% de lotação.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895