Transparência será a nova marca do Natal Luz, diz secretária

Transparência será a nova marca do Natal Luz, diz secretária

Rosa Helena Volk assumirá pasta do Turismo nesta semana

Halder Ramos / Correio do Povo

Rosa Helena Volk assumirá pasta do Turismo nesta semana

publicidade

"Transparência será a marca registrada do Natal Luz", afirmou a nova secretária de Turismo de Gramado, jornalista Rosa Helena Volk, que aceitou convite para a pasta, nesta quarta-feira, e assumirá o cargo ainda nesta semana. Ela substituirá Gilberto Tomasini, afastado do cargo por determinação judicial após as denúncias do Ministério Público por irregularidades no evento. Rosa Helena chefia o setor de comunicação da Prefeitura de Gramado desde abril de 2007. Em 2010, também atuou na assessoria de imprensa do Natal Luz.

Segundo a nova secretária, executar o evento natalino será o maior desafio no comando da pasta. Em acordo judicial, ficou definido que a edição 2011 deve ser realizada pelo poder público com apoio da Associação de Cultura & Turismo de Gramado (ACTG). “O desafio será grande e exigirá dedicação em tempo integral, mas tenho bastante confiança! Estamos procurando o caminho correto para a realização do Natal Luz. Toda a documentação das atribuições será encaminhada ao judiciário. Vamos trabalhar sempre em conjunto com o Ministério Público”, destaca.

Para Rosa Helena, o Natal Luz 2011 será de superação, mas com o tradicional brilho. “Esperamos dar início aos trabalhos de forma efetiva em breve. Estamos conversando com as equipes e todas têm um carinho muito especial pelo Natal Luz. Todas sentem orgulho em fazer parte do maior evento natalino do Brasil: um evento feito por nós”, afirma.

Segundo ela, os ingressos para os espetáculos serão disponibilizados para a venda novamente nas próximas semanas. O prefeito Nestor Tissot também está fazendo contato com os patrocinadores. “Tudo será realizado normalmente. Conheço bastante Gramado e sei que todos os setores trabalharão unidos. Nossa economia é 90% baseada no turismo. O Natal Luz gera dois mil empregos diretos e sete mil indiretos."

Nesta tarde, a ACTG encaminhou notificação extrajudicial para rescisão de contratos e devolução dos valores repassados aos prestadores de serviço do Natal Luz afastados pela Justiça do comando do evento. Segundo o diretor executivo da ACTG, Sílvio Kopacek, a entidade pede a devolução de R$ 390.800,00. O valor é referente a parcelas pagas pela ACTG para quatro empresas contratadas para execução da edição 2011. “Estipulamos um prazo de dez dias a partir do recebimento da notificação para devolução do dinheiro”, afirma Kopacek.

Bookmark and Share

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895