Usuários aprovam retomada da operação dos pedalinhos da Redenção

Usuários aprovam retomada da operação dos pedalinhos da Redenção

Visitantes podem escolher entre três opções e o tempo de duração é de 20 minutos

Felipe Samuel

Pedalinhos voltaram a operar nesta sexta na Redenção

publicidade

Desativados desde 2018, os pedalinhos do Complexo do Lago, na Redenção, voltaram a funcionar na tarde desta sexta-feira e atraíram a atenção de muita gente que passeava no parque. Nas primeiras horas de funcionamento, quase uma dezena de usuários já tinha aproveitado para se divertir com os pedalinhos construídos em fibra de vidro. Mesmo com sol e calor intenso, o militar Gilmar de Macedo Negreiros, 49, e o filho Gustavo, 4, se divertiram durante os 20 minutos de passeio dentro do modelo Cisne.

Negreiros, que reside há um ano e meio na Capital, aprovou os novos equipamentos oferecidos pela empresa Sólidos Equipamentos Infantis, que venceu a licitação para uso comercial dos pedalinhos pelos próximos cinco anos. "Moramos perto da Redenção, quase todos os dias estamos aqui. Foi uma experiência excelente, matei a saudade. Eu queria muito que voltasse a ter o passeio, e agora que voltou a gente veio dar uma voltinha aqui", comemorava, lembrando que já tinha andado de pedalinho na década de 1990.

Ao deixar o modelo Cisne, o pequeno Gustavo não escondia a alegria de passear pela primeira vez no pedalinho. Apesar da boa infraestrutura, Negreiros criticou a sujeira da água. "Está excelente, mas eu estava esperando limpar um pouco a água. Tentei fazer imagens para mandar para a família, mas desisti porque a água está muito suja", observa. Neiva Rodrigues Levy, 63, que trabalha na bilheteira, afirma que muita gente pediu informações sobre o funcionamento do pedalinho. "O movimento nas primeiras horas foi muito bom", destaca.

Os visitantes podem escolher entre três opções: no modelo tradicional, que custa R$ 30 e permite dois adultos e uma criança de até 1,2 metro; no Cisne que custa R$ 40 e permite dois adultos e uma criança de até 1,2 metro; e no Pedalão, que custa R$ 50 e permite até quatro adultos. O Pedalão, no entanto, ainda não está disponível. O tempo de duração do passeio é de 20 minutos. A empresa Sólidos Equipamentos Infantis vai disponibilizar ao público 36 pedalinhos construídos em fibra de vidro.

Neste sábado, às 11h, o prefeito Sebastião Melo fará uma visita ao Parque Farroupilha (Redenção).

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895