UTIs gaúchas operam há quatro dias com lotação acima de 80%

UTIs gaúchas operam há quatro dias com lotação acima de 80%

Sexta-feira registrou novo recorde de pacientes internados

Jéssica Hubler

Na Capital a ocupação das UTIs estavam em 90,73% na tarde desta sexta

publicidade

A sexta-feira foi marcada por mais um recorde no número de pacientes confirmados da Covid-19 nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Rio Grande do Sul. À tarde eram 823 internações de pessoas com diagnóstico positivo da doença nas UTIs do Estado. Até então, o maior número havia sido registrado em 1º de dezembro, quando eram 807. 

As internações relacionadas à Covid-19 representavam, na tarde desta sexta, praticamente metade do total de pacientes nas UTIs gaúchas: 1.010 era o número pacientes ligados à doença, sendo 823 com diagnóstico positivo e 187 com suspeita. O número total de pacientes em UTIs do Estado era 2.032. A taxa de ocupação geral estava em 80,1%.

Veja Também

As UTIs gaúchas já operam há quatro dias com lotação acima de 80%. A ocupação das UTIs na rede privada chamou atenção pois dos 665 leitos, 663 estavam ocupados, o que representava uma taxa de lotação de 99,7%. 

Na Capital a ocupação das UTIs estavam em 90,73% na tarde desta sexta. Dos 809 leitos, somente 72 estavam disponíveis pois 32 eram considerados bloqueados e os outros 705 estavam ocupados. No total, 310 internações estavam relacionadas à Covid-19, sendo 280 pacientes confirmados do novo coronavírus e 30 suspeitos, o que representava 43,97% do total de pacientes em UTIs.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895