Vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 54 anos é tranquila em Porto Alegre

Vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 54 anos é tranquila em Porto Alegre

Durante esta segunda, mais de 40 veículos aguardavam na avenida Ipiranga no drive-thru da Pucrs

Cláudio Isaías

Porto Alegre vacina homens de 54 anos e profissionais de ensino superior contra a Covid-19

publicidade

O movimento foi tranquilo e sem aglomeração nesta segunda-feira nos postos da saúde de Porto Alegre para os homens de 54 anos e para os profissionais do ensino superior que foram se vacinar contra a Covid-19. O atendimento foi realizado por equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Exército em 12 postos e no drive-thru do estacionamento da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs). Por volta das 9h, mais de 40 veículos aguardavam na avenida Ipiranga, no sentido Centro/bairro, para ingressar no prédio da instituição de ensino. 

Veja Também

O gerente de transporte César Rocha, 54 anos, afirmou que estava ansioso pela imunização. "Vacina boa é aquela que é aplicada no braço", ressaltou Rocha que chegou às 5h ao estacionamento da universidade. Já Daniel Dias, 54 anos, que atua como encarregado de obras, chegou às 6h30min ao prédio da PUCRS. Ele disse que estava muito feliz por ter conseguido se vacinar. "Eu achei que fosse demorar mais para a minha faixa etária de idade se vacinar contra o coronavírus. Agora, é esperar pela segunda dose", ressaltou.    

Além da imunização dos homens de 54 anos, a primeira dose da vacina estava disponível para mulheres da mesma idade na imunização. Também foram vacinados os trabalhadores da educação do ensino superior. A imunização seguiu nesta segunda-feira sendo feita  para profissionais da Educação Infantil, Fundamental e do Ensino Médio e profissionalizante das redes municipal, estadual e privada, pessoas com deficiência permanente de 18 anos ou mais, pessoas com comorbidades a partir de 18 anos.

Nos postos de saúde próximos do Centro Histórico a circulação de público também foi tranquila. A movimentação ficou concentrada no Centro de Saúde Modelo, na unidade de saúde Santa Cecília e no Centro de Saúde Santa Marta. As vacinas oferecidas pelos técnico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foram a Oxford/AstraZeneca e Pfizer para doses 1 e 2 . A Pfizer foi exclusivamente oferecida para gestantes e puérperas.

Para receber a vacina, pessoas com 54 anos ou mais precisam apresentar documento de identidade com CPF e comprovante de residência em Porto Alegre. Para profissionais da educação e funcionários, é necessário documento de identidade com foto e CPF, contracheque ou crachá e declaração da instituição ao qual o profissional está vinculado. No caso da segunda dose, precisa levar documento de identidade e carteira de vacinação com registro da primeira aplicação. 

Universidades 

As universidade de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UCSPA), Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs) e Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) optaram por fazer a vacinação nos próprios locais. Para isso, contaram com apoio da secretaria de Saúde, que forneceu os imunizantes.  As vacinas oferecidas ao público foram Oxford/AstraZeneca (todos as pessoas, exceto gestantes e puérperas) e Pfizer, cuja primeira dose estava disponível especificamente para gestantes e puérperas. Já a segunda dose de Pfizer pode ser aplicada em três unidades de saúde por pessoas que receberam a primeira dose há mais de 21 dias.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895