Anvisa confirma recebimento de nova documentação da vacina Sputnik V

Anvisa confirma recebimento de nova documentação da vacina Sputnik V

Material será analisado ao pedido de solicitação de importação da vacina

AE

Nova documentação sobre Sputnik V será analisada pela Anvisa

publicidade

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou nesta sexta-feira o recebimento de um novo documento referente à vacina russa contra a Covid-19 Sputnik V, proveniente dos estados da Bahia e do Maranhão

Segundo a Anvisa, esse documento será "apensada ao processo de solicitação de importação da vacina e ainda será avaliada pela Anvisa como parte do novo pedido de importação".

A agência esclarece que as solicitações apresentadas pelo Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central e pelos Estados Bahia, Maranhão, Ceará, Sergipe e Pernambuco já estão sendo analisados.

Na quinta-feira, a farmacêutica União Química, representante brasileira do Instituto Gamaleya, responsável pelo desenvolvimento da vacina, desistiu de realizar estudos clínicos da Sputnik V no Brasil. O pedido de desistência foi encaminhado à Anvisa após a empresa não apresentar todas as exigências para dar início aos testes no País.

Segundo a agência, a desistência não afeta o pedido de uso emergencial do fármaco.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895