Ao menos 18 latino-americanos estão desaparecidos em prédio que desabou em Miami

Ao menos 18 latino-americanos estão desaparecidos em prédio que desabou em Miami

Operação de resgate está sendo realizada em busca de sobreviventes

AFP

Operação de resgate está sendo realizada em busca de sobreviventes

publicidade

Pelo menos 18 cidadãos latino-americanos - três uruguaios, seis paraguaios e nove argentinos - continuam desaparecidos após o desabamento, nesta quinta-feira (24), de um prédio em Surfside, perto de Miami. A informação é dos consulados desses países.

 Até o momento, o prédio de 12 andares que desabou na Flórida deixou pelo menos um morto. Uma grande operação de resgate está sendo realizada em busca de sobreviventes

A irmã da primeira-dama do Paraguai, Sophía López Moreira, seu marido e três filhos, e a empregada estão entre os desaparecidos, informou o chanceler daquele país, Euclides Acevedo. Por conta disso, Silvana López Moreira, esposa do presidente paraguaio Mario Abdo, se prepara para viajar a Miami na tarde desta quinta-feira, informou a presidência.

Segundo nota do consulado argentino em Miami, há pelo menos nove argentinos desaparecidos. Por sua vez, o cônsul do Uruguai naquela cidade, Eduardo Bouzout, disse que não há notícias de três uruguaios.

 

Veja Também

 

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895