Argentina abriga ministro de Morales em embaixada em La Paz

Argentina abriga ministro de Morales em embaixada em La Paz

Segundo fonte que pediu para não ser identificada, "Argentina cumpre sua tradição de hospitalidade em situações de risco pessoal"

AFP

publicidade

O ex-ministro do governo boliviano Carlos Romero está abrigado na embaixada da Argentina em La Paz por razões humanitárias, afirmou uma fonte do Ministério das Relações Exteriores em Buenos Aires à AFP. Romero era até domingo um membro do gabinete do ex-presidente Evo Morales, que renunciou sob pressão militar e violentas manifestações de rua.

"O ministro está seguro. No momento, essa é sua condição. Não há pedido de asilo. A Argentina cumpre sua tradição de hospitalidade em situações de risco pessoal", afirmou a fonte que solicitou para não ser identificada.

A oposição questionou Morales a legitimidade do resultado que o reelegeu. Depois da opinião da Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre irregularidades nas eleições, Morales havia pedido uma nova votação. A decisão não foi suficiente para aplacar a revolta social e os ataques a funcionários e apoiadores do governo. As forças armadas exigiram a renúncia de Morales, enquanto as forças de segurança produziram revoltas em diferentes partes do país apoiadas nas ruas por grupos civis oposicionistas.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895