Atentados deixam 10 mortos no Afeganistão
capa

Atentados deixam 10 mortos no Afeganistão

Três explosões ainda deixaram mais de 40 pessoas feridas

Por
AFP

Talibãs reivindicam autoria da terceira explosão mas negam envolvimento nas outras

publicidade

Pelo menos dez pessoas morreram e mais de quarenta ficaram feridas em três explosões que abalaram a capital afegã nesta quinta-feira. Um camicase que estava em uma motocicleta se jogou contra um micro-ônibus do Ministério de Minas e Petróleo na zona leste de Cabul.

O atentado suicida foi seguido pela explosão de uma bomba artesanal, na mesma área, e depois por um ataque com carro-bomba contra civis em outro bairro de Cabul. O número de feridos foi de 41 nos três ataques. Os talibãs reivindicaram a terceira explosão, mas alegaram nada ter a ver com os dois primeiros ataques.

Os ataques ocorreram em um contexto de aumento da violência no Afeganistão, e apenas três dias antes do início da campanha oficial para as eleições presidenciais de 28 de setembro. As eleições anteriores foram marcadas pela violência e derramamento de sangue por parte do Talibã e outros grupos insurgentes que se recusam a reconhecer a democracia do Afeganistão.

Os Estados Unidos negociam um acordo que prevê a saída de forças estrangeiras do país em troca do oferecimento de garantias de segurança aos talibãs, incluindo o compromisso de que o país não se tornará um refúgio para organizações terroristas.

Alguns observadores acreditam que os insurgentes estão cometendo mais ataques para fortalecer sua posição nas negociações. Uma nova série de conversações entre o enviado especial dos EUA para a paz no Afeganistão, Zalmay Khalilzad, e o Talibã está agendada no Catar nos próximos dias.