Avião cargueiro com 6 milhões de máscaras pousa em Brasília
capa

Avião cargueiro com 6 milhões de máscaras pousa em Brasília

Segundo Inframerica, a aeronave que transporta 40 toneladas de equipamentos decolou da China e partirá para Luanda, em Angola

Por
R7

Cargueiro Antonov também tem abastecido mercados da Europa com produtos chineses e russos


publicidade

Um avião cargueiro, modelo Antonov 124-100, considerado o maior do mundo, pousou na madrugada desta quarta-feira com seis milhões de máscaras de proteção contra o novo coronavírus no Aeroporto de Brasília.

Os equipamentos pesam cerca de 40 toneladas e a carga é da empresa Nutriex. Segundo a Inframerica, concessionária que administra o terminal no Distrito Federal, o investimento é de aproximadamente R$ 160 milhões. Parte do conteúdo, segundo a concessionária, será doado.

De acordo com a Inframerica, a aeronave decolou da China e fez duas paradas antes de vir para Brasília. O cargueiro gigante partirá para Luanda, em Angola, nesta quinta-feira de madrugada.

A última vez que a capital federal recebeu a visita do cargueiro foi em setembro de 2018, quando a aeronave fez um pouso técnico no terminal para abastecimento e descanso da tripulação. Antes disso, o avião só pousou em 2009.


O cargueiro tem 65 metros de comprimento e 21 metros de altura. A concessionária informou que o avião foi recebido com cuidados de higiene e precauções necessárias para evitar contaminação. A carga seguiu para o Estado de Goiás por meios terrestres.