Biden pede aos serviços de inteligência relatório em 90 dias sobre origem da Covid-19

Biden pede aos serviços de inteligência relatório em 90 dias sobre origem da Covid-19

Governo americano quer saber se vírus surgiu na China de uma fonte animal ou de um acidente de laboratório

AFP

Governo americano quer saber se vírus surgiu na China de uma fonte animal ou de um acidente de laboratório

publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ordenou nesta quarta-feira que as agências de inteligência de seu país o informem nos próximos três meses se a Covid-19 surgiu na China de uma fonte animal ou de um acidente de laboratório. As agências devem "redobrar seus esforços para coletar e analisar as informações que podem nos aproximar de uma conclusão definitiva e apresentar um relatório em 90 dias", disse Biden em um comunicado divulgado pela Casa Branca.

O pedido ocorre no mesmo dia em que as autoridades chinesas acusaram o governo americano de disseminar teorias "conspiratórias" sobre a origem da pandemia do coronavírus. Os primeiros casos da Covid-19 foram identificados no final de 2019 na metrópole chinesa de Wuhan, antes de o vírus se espalhar pelo mundo e causar mais de 3,5 milhões de mortes.

As autoridades chinesas sempre negaram a teoria de que o coronavírus surgiu em um laboratório, especificamente no Instituto de Virologia de Wuhan. A acusação foi feita de forma direta pelo então presidente americano, Donald Trump.

Nesta semana, uma matéria do jornal americano The Wall Street Journal (WSJ) reacendeu essa hipótese, e os pedidos de uma investigação mais profunda a respeito se multiplicam - inclusive na comunidade científica. 

 

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895