Bombardeios continuam em Severodonetsk, leste da Ucrânia

Bombardeios continuam em Severodonetsk, leste da Ucrânia

Cidade tem mais de 100 mil habitantes

AFP

Soldado ucraniano perto de local destruído no leste da Ucrânia

publicidade

Bombas e foguetes caíam em intervalos regulares nesta quarta-feira na cidade industrial de Severodonetsk, leste da Ucrânia. Um edifício estava em chamas e nas ruas havia apenas civis. Os moradores tentavam se aproximar quando os bombardeios paravam por alguns minutos, mas rapidamente voltavam para locais seguros quando eram retomados.

Com mais de 100 mil habitantes antes da guerra, Severodonetsk é a maior cidade do leste sob controle do exército ucraniano, perto da linha de frente com os territórios separatistas pró-Rússia.

Um comboio humanitário da ONU com oito caminhões conseguiu chegar à cidade com alimentos e roupas para 17 mil pessoas, além de quatro geradores de energia elétrica para os hospitais.

Acompanhe o avanço das tropas russas na Ucrânia a cada dia

O exército russo afirmou nos últimos dias que deseja concentrar os esforços no leste do país, incluindo a região de Lugansk, onde fica Severodonetsk. O governador da região, Serguei Gaidai, afirmou que uma pessoa morreu na terça-feira em um bombardeio na cidade vizinha de Rubizhne, cinco foram feridas e sete "retiradas dos escombros".

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895