Cameron está satisfeito com resultado de referendo

Cameron está satisfeito com resultado de referendo

Primeiro-ministro britânico reafirmou a promessa de devolver poderes ao governo escocês

AE

Primeiro-ministro britânico reafirmou a promessa de devolver poderes ao governo escocês

publicidade

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse estar satisfeito com o resultado do referendo que manteve a Escócia como parte do Reino Unido. Em pronunciamento após o anúncio, Cameron reafirmou a promessa de devolver poderes ao governo escocês e disse que o tema está resolvido "para uma geração".  "O povo da Escócia falou e há um resultado claro. Eles permaneceram no nosso país de quatro nações e como milhões de outras pessoas estou satisfeito", disse em pronunciamento em frente à residência oficial.

• Independência da Escócia é rejeitada por 55,3% dos votos

Com a vitória do "não", Cameron reafirmou a promessa feita pelo governo britânico e apoiado pelas principais lideranças políticas do Reino Unido de devolver mais poderes a Edimburgo. "Nós entregamos uma proposta de mais poderes para a Escócia e vamos executar na próxima legislatura. Vamos garantir que esses compromissos sejam entregues na íntegra", disse. O projeto para a entrega de mais poderes para a Escócia deve ser publicado em
janeiro.

O primeiro-ministro informou também que o presidente do comitê dos jogos das colônias britânicas (Commonwealth Games), Lord Smith of Kelvin, será o supervisor do processo de descentralização do poder para os escoceses. Cameron citou ainda que a Inglaterra, o País de Gales e a Irlanda do Norte também devem ter mais voz, mas defende uma "solução equilibrada".

Durante o discurso, Cameron disse que o resultado das urnas resolve o assunto "para uma geração". "O tema foi resolvido para uma geração ou, como disse Alex Salmond, talvez para uma vida inteira". O primeiro-ministro reconheceu que existiam demandas entre os escoceses e foi correto realizar o referendo. "Temos de enfrentar os problemas, não nos esconder atrás deles. Foi correto fazer essa pergunta", disse.

O discurso de Cameron foi feito após a vitória numérica do movimento unionista e a declaração de derrota do principal líder pelo "sim", o primeiro-ministro da Escócia, Alex Salmond.


Bookmark and Share


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895