capa

Casa Branca não descarta nova paralisação do governo por muro

Trump não chegou a acordo com democratas sobre verba para fronteira

Por
AFP

Trump pressiona por verba para construir muro na fronteira com o México

publicidade

A Casa Branca não descartou, em comunicado neste domingo, que ocorra uma nova "paralisação" do governo caso nenhum acordo seja alcançado antes de 15 de fevereiro com os democratas sobre o financiamento do muro que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, quer construir na fronteira com o México. "O 'shutdown' do governo ainda está teoricamente sobre a mesa. Não queremos chegar a esse ponto, mas essa opção está sempre aberta para o presidente e continuará estando", disse o novo chefe de gabinete interino da Casa Branca, Mick Mulvaney.

"Acredito que as negociações estão em um impasse agora", disse Richard Shelby, presidente do Comitê de Assinaturas do Senado.

O prazo para chegar a um acordo sobre o financiamento de um muro com o México foi na sexta-feira, o que levanta dúvidas sobre outra paralisação parcial do governo após os 35 dias que terminaram em 25 de janeiro.

Os legisladores dos dois partidos encarregados das negociações expressaram otimismo na sexta-feira. Mas Shelby advertiu neste domingo: "O tempo está correndo, mas estamos tendo alguns problemas com os democratas", disse ele, referindo-se à Imigração e Alfândega dos EUA.