Chega a 13 número de mortos por tufão nas Filipinas
capa

Chega a 13 número de mortos por tufão nas Filipinas

Centenas de pessoas precisaram deixar suas casa antes da tempestade

Por
AFP

Tempestades destruíram 135 casas e mais de 1,2 mil residências

publicidade

Pelo menos 13 pessoas morreram esta semana nas Filipinas durante a passagem do tufão Kammuri, de acordo com um novo balanço divulgado nesta quinta-feira pelas autoridades. A violenta tempestade tropical, que varreu o Norte do país de segunda a quarta-feira, destruiu muitas casas e arrancou muitas árvores. Também causou o fechamento do aeroporto de Manila por 12 horas.

Na quarta-feira, as autoridades divulgaram um saldo de quatro mortos. Nesta quinta, não deram detalhes sobre as circunstâncias das mortes das nove novas vítimas fatais. "O número de mortos pode continuar aumentando", disse Mark Timbal, porta-voz da agência nacional de gerenciamento de desastres.

Centenas de milhares de pessoas vivem na área atingida pelo tufão. Várias centenas deixaram suas casas antes da chegada de Kammuri, o que fez com que o saldo de mortes não fosse tão elevado. Mesmo assim, a tempestade destruiu 135 escolas e mais de 1,2 mil casas.

A cada ano, cerca de vinte tempestades e tufões atingem as Filipinas, causam centenas de mortes e empobrecem as populações mais vulneráveis. O tufão mais devastador registrado no país, Haiyan, deixou mais de 7,3 mil mortos e desaparecidos em 2013.