China exibe pela primeira vez suas vacinas contra o coronavírus

China exibe pela primeira vez suas vacinas contra o coronavírus

Imunizantes em fase 3, em testes em humanos, foram apresentados em uma feira comercial em Pequim

AFP

Vacinas foram expostas nesta segunda-feira em feira comercial em Pequim

publicidade

Duas empresas farmacêuticas chinesas exibiram pela primeira vez nesta segunda-feira, em uma feira comercial em Pequim, suas vacinas contra a Covid-19, no momento em que a China espera se afastar das críticas ocidentais por sua gestão no início da crise de saúde. As doses produzidas pelas empresas Sinovac Biotech e Sinopharm estão entre os projetos de vacinas mais avançados do mundo e geram grandes expectativas na China.

Os visitantes compareceram em grande número ao evento em Pequim nesta segunda-feira para observar os estandes de exibição. As vacinas estão em fase 3, com testes em humanos, mas ainda não podem ser comercializadas. As fabricantes esperam obter a aprovação das autoridades para disponibilizá-las ao mercado antes do fim do ano.

Um funcionário da Sinovac afirmou à AFP que a empresa já "terminou de construir uma fábrica" capaz de produzir 300 milhões de doses por ano. A China está no alvo de vários países ocidentais, começando pelos Estados Unidos, que acusam Pequim de reagir muito tarde após a descoberta do novo coronavírus na cidade chinesa de Wuhan (centro) em dezembro de 2019.

O desenvolvimento no país de uma ou mais vacinas contra a Covid-19 permitiria a Pequim contra-atacar a imagem ruim.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895