China lança foguete espacial Longa Marcha-5
capa

China lança foguete espacial Longa Marcha-5

Espaçonave transporta satélite para ser colocado em órbita

Por
AFP

Espaçonave é peça fundamental para missão a marte

publicidade

A China lançou nesta sexta-feira um foguete espacial Longa Marcha-5, um dos maiores e mais poderosos lançadores do mundo e peça fundamental de sua missão a Marte, prevista para 2020. O foguete foi lançado a partir do centro espacial de Wenchang, na ilha de Hainan, às 20h45min (9h45min no horário de Brasília), de acordo com imagens transmitidas ao vivo pela TV estatal CCTV.

Este é o terceiro lançamento da espaçonave desde 2016. Após o primeiro, em julho de 2017, Pequim sofreu um fracasso retumbante em sua ambiciosa conquista espacial, quando o precedente Longa Marcha-5 caiu no mar logo após a decolagem. Segundo o site especializado NASASpaceflight.com, o foguete lançado nesta sexta-feira transporta um satélite de telecomunicações de um peso máximo de 14 toneladas, que deve ser colocado em órbita geoestacionária.

Essa capacidade faz do ônibus espacial chinês o equivalente ao foguete europeu Ariane-5, ao americano Delta IC Heavy ou ao russo Proton M. Acima de tudo, é um dos elos fundamentais do programa espacial chinês para 2020. "O foguete Longa Marcha-5 tem missões importantes", assegurou no último sábado o vice-diretor da agência da Administração Nacional do Espaço, Wu Yanhua.

"Se este voo for bem-sucedido, deverá realizar várias missões cruciais, como o lançamento da primeira sonda marciana chinesa, a sonda lunar Chang'e-5 e de um módulo central da estação espacial habitada". O satélite Shijian-20 transportado pelo foguete gigante deve viajar até 36.000 km da Terra, segundo a revista digitaljournal.com.