China tem menor balanço de mortes em um dia do coronavírus
capa

China tem menor balanço de mortes em um dia do coronavírus

Epidemia se alastrou na Coreia do Sul, porém, com 334 novos casos e 12 mortes

Por
AFP

Máscaras já passaram ao cotidiano do país asiático

publicidade

As autoridades de saúde da China divulgaram nesta quinta-feira (noite de quarta no Brasil) mais 29 mortes provocadas pelo novo coronavírus, o menor número diário de falecimentos registrados desde janeiro, e um pequeno aumento na quantidade geral de contágios. De acordo com o balanço da Comissão Nacional de Saúde, foram registrados 433 novos diagnósticos positivos, sendo 409 na província de Hubei, epicentro da epidemia. Na China continental (que exclui Hong Kong e Macau), o número total de falecimentos é de 2.744, enquanto a quantidade de casos diagnosticados até o momento está em torno de 78.500.

Ao mesmo tempo, a epidemia parece crescer em escala mundial. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (KCDC) da Coreia do Sul informou nesta quinta-feira 334 novos casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, o que eleva a 1.595 o total de diagnósticos positivos no país. O KCDC relatou que nenhuma morte foi registrada nas últimas 24 horas, o que mantém em 12 o número de falecimentos em decorrência do Covid-19.

Com esses números, a Coreia do Sul segue como o território mais afetado pela epidemia fora da China, a origem do surto. A propagação da epidemia levou o Comando das Forças Conjuntas da Coreia do Sul e dos Estados Unidos a adiar os próximos exercícios militares conjuntos, que estavam previstos para os próximos meses.