Começa temporada de furacões do Atlântico após três anos de fortes tempestades

Começa temporada de furacões do Atlântico após três anos de fortes tempestades

Quatro furacões tocaram terra ou se aproximaram da Flórida nos últimos três anos

AFP

Segundo meteorologista, frequência das últimas tempestades faz com que público tome maiores precauções

publicidade

A nova temporada de furacões do Atlântico começa neste sábado, informaram autoridades americanas em Miami, ao insistir à população que reúna provisões, se prepare para o pior e combata o cansaço e o medo que as últimas tempestades deixaram. Nos últimos três anos, quatro furacões tocaram terra ou se aproximaram da Flórida, depois desse estado do sudeste ter passado dez anos sem ver de perto essas tempestades. Por isso não se pode baixar a guarda. "É preciso se preparar todos os anos", disse à AFP Ken Graham, diretor do Centro Nacional de Furacões, na sede da instituição em Miami.

Segundo o meteorologista, a frequência das últimas tempestades faz com que o público tome maiores precauções, como se abastecer de água, comida e medicamentos, cautelas que costumam ser abandonadas à medida que a lembrança de afasta. "Está fresco nas mentes e há uma maior preparação (...), mas é estressante também porque as pessoas acabaram de passar por isso, e dá medo", disse.

Em 2016, Hermine foi o primeiro furacão a tocar terra na Flórida em 10 anos. Foi seguido por Matthew, que passou perto do nordeste. No ano seguinte, Irma destroçou os keys do sul e, no ano passado, Michael devastou o norte. Os dois últimos causaram a maior destruição. Outras regiões também sofreram particularmente nos últimos anos. Em 2017, Harvey devastou amplas zonas do Texas e Maria arrasou com Dominica, Barbuda e Porto Rico. Depois, no ano passado, Florence sacudiu as Carolinas. Todas estas regiões ainda estão batalhando para se recuperar economicamente dos destroços. "Se algo aprendemos nos últimos anos é que temos que estar preparados", disse Daniel Kaniewski, da agência federal de emergências FEMA.

A temporada de furacões do Atlântico Norte vai de 1 de junho a 30 de novembro. No entanto, a tempestade subtropical Andrea se adiantou a esta formalidade ao se formar brevemente em maio no Caribe. O governador da Flórida, Ron DeSantis, anunciou uma semana de isenção de impostos para todos os produtos que costuma-se necessitar ao preparar as provisões em caso de emergência, como por exemplo baterias, lanternas, rádios, água, remédios, alimentos e geradores.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895