Conselho de Segurança se reúne com Kushner na quinta sobre plano de paz

Conselho de Segurança se reúne com Kushner na quinta sobre plano de paz

Objetivo é expor o plano e ouvir as ideias dos outros 14 Estados membros do Conselho

AFP

Jared Kushner é o arquiteto do plano de paz anunciado há quase uma semana por Trump

publicidade

Os Estados Unidos pediram uma reunião a portas fechadas na quinta-feira do Conselho de Segurança da ONU para uma apresentação do genro e assessor do presidente Donald Trump, Jared Kushner, do plano americano para o Oriente Médio, informaram fontes diplomáticas. Seu objetivo é expor o plano anunciado na semana passada e ouvir as ideias dos outros 14 Estados membros do Conselho.

A apresentação acontecerá dias antes da chegada em Nova York do presidente palestino Mahmoud Abbas, esperada para 11 de fevereiro, para expressar na ONU sua rejeição a este plano americano e pedir a aplicação do direito internacional. Em relação à visita do presidente Abbas, os palestinos manifestaram sua intenção de apresentar um projeto de resolução ao Conselho de Segurança, através da Tunísia, que é um membro não permanente do organismo.

Até agora, nenhuma indicação foi divulgada sobre o conteúdo desta futura resolução. Mas os Estados Unidos podem impor, se necessário, o seu direito de veto caso o texto receba o mínimo exigido de nove votos a favor da adoção.

No final de 2017, uma resolução de inspiração palestina condenando o reconhecimento unilateral de Washington de Jerusalém como capital de Israel recebeu 14 votos a favor, mas os Estados Unidos vetaram sua adoção. Jared Kushner é o arquiteto do plano de paz anunciado há quase uma semana por Trump, com forte apoio de Israel, mas que foi rejeitado no sábado pela Liga Árabe e nesta segunda-feira pela Organização para a Cooperação Islâmica.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895