Coreia do Norte anuncia ter feito teste com "novo" míssil antiaéreo

Coreia do Norte anuncia ter feito teste com "novo" míssil antiaéreo

Informação foi repassada pela Agência Central de Notícias Coreana

AFP

Estados Unidos, Reino Unido e França convocaram uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU

publicidade

A Coreia do Norte testou um "novo" míssil antiaéreo, em mais um dos testes militares realizados nas últimas semanas pelo regime norte-coreano, informou a agência estatal nesta sexta-feira. O Exército norte-coreano "testou um míssil antiaéreo recém-desenvolvido em 30 de setembro", informou a Agência Central de Notícias Coreana (KCNA).

"A grande eficácia de combate" do míssil "foi comprovada com a introdução de novas tecnologias-chave", completou a KCNA. O regime de Pyongyang, que possui armamento nuclear, conduziu outros testes militares na semana passada, incluindo o de um suposto míssil hipersônico, muito mais rápido e mais difícil de interceptar do que os mísseis comuns. O teste dessa tecnologia, que em tese pode chegar a cinco vezes a velocidade do som, desencadeou uma reação internacional imediata.

Estados Unidos, Reino Unido e França convocaram uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, que ocorrerá nesta sexta-feira, para discutir as ações dos norte-coreanos. Resoluções do conselho proibiram o programa de mísseis nucleares e balísticos da Coreia do Norte, sujeito a várias sanções internacionais.

No entanto, o regime liderado por Kim Jong Un não dá sinais de querer se desfazer de seu arsenal, que considera necessário para se proteger dos Estados Unidos, aliado da Coreia do Sul e que possui 28.500 militares naquele país vizinho. Na quinta-feira, o secretário de Estado americano, Antony Blinken, disse que a Coreia do Norte estava aumentando a "instabilidade e insegurança" na região com os seguidos testes.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895