Costa do Marfim registra 49 casos de contatos de portadora de ebola, afirma OMS

Costa do Marfim registra 49 casos de contatos de portadora de ebola, afirma OMS

A jovem viajou 1.500 km de distância em um ônibus, que teria 70 pessoas

AFP

Pessoas que tiveram contato com a jovem com ebola estão sendo vacinadas na Costa do Marfim

publicidade

Em Abidjan foram identificados 49 casos de pessoas que estiveram em contato com uma jovem guineana que deu positivo para o vírus do ebola, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira. A jovem viajou por estrada desde Labé (Guiné) na semana passada, dirigindo-se à capital econômica da Costa do Marfim, a 1.500 km de distância.

"Já foram identificados 49 contatos durante o trajeto e também entre famílias em seu ponto de partida, Labé", informou Georges Kizerbo, especialista da OMS.

Um médico da Costa do Marfim afirmou que havia 70 pessoas a bordo do ônibus em que a jovem viajou. "Destas, 33 chegaram em Abidjan e o resto ficou espalhado pela Costa do Marfim", declarou. O ônibus fez paradas em Duekué e Guezabo (oeste), além da capital administrativa do país, Yamusukro.

"Ampliamos uma rede e assim pudemos identificar as comunidades em que essas pessoas vivem", informou o ministro da Saúde, Pierre Demba, na mesma reunião online. Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS-África, elogiou "a notável solidariedade" entre Guiné e Costa do Marfim contra o ebola, e "a velocidade de reação" das autoridades deste último país.

A Guiné, com apoio da OMS, doou ao país vizinho 5.000 doses da vacina anti-ebola, quando soube da notícia da jovem infectada.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895