Democratas dos EUA trocam acusações com Pompeo
capa

Democratas dos EUA trocam acusações com Pompeo

Legisladores e secretário discutiram sobre investigação de impeachment

Por
AFP

Pompeo afirmou que democratas tentam intimidar subordinados


publicidade

* Com informações de agência pública do Japão

Membros do Partido Democrata na Câmara dos Representantes e o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, trocaram acusações e advertências quanto à investigação sobre o impeachment do presidente Donald Trump. O presidente norte-americano enfrenta alegações de que pressionou o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, por meio de um telefonema, em julho, para obter informações incriminatórias sobre o pré-candidato presidencial democrata, Joe Biden.

Nessa terça-feira, Pompeo rejeitou um plano dos democratas de obter o testemunho de funcionários do Departamento de Estado como parte da investigação. Em carta enviada ao presidente do comitê da Câmara dos Representantes, o secretário de Estado afirmou que os democratas tentam "intimidar" e "fazer bullying" aos seus subordinados.

Os presidentes de três comitês da Câmara dos Representantes divulgaram comunicado acusando Mike Pompeo de "obstruir" a investigação do impeachment. Eles o chamaram de "testemunha factual" na investigação, com base em relatos da imprensa de que ele havia ouvido a ligação telefônica de Donald Trump. Segundo o comunicado, Pompeo "deveria parar imediatamente de intimidar testemunhas do departamento, visando a proteger a si mesmo e ao presidente".