Departamento de Justiça dos EUA revisará atuação da polícia em tiroteio no Texas

Departamento de Justiça dos EUA revisará atuação da polícia em tiroteio no Texas

Autoridades do Texas reconheceram que polícia demorou para agir em massacre que eixou 19 crianças mortas

AFP

Autoridades do Texas reconheceram que polícia demorou para agir em massacre que eixou 19 crianças mortas

publicidade

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos fará uma revisão da resposta policial ao recente tiroteio em uma escola primária em Uvalde, no estado do Texas (Sul), em meio a crescentes críticas às ações das autoridades durante o massacre.

"O objetivo da revisão é fornecer um relato independente das ações e respostas da aplicação da lei naquele dia e identificar as lições aprendidas e as melhores práticas de socorro", disse um porta-voz do Departamento de Justiça, Anthony Coley, em comunicado.

A revisão foi solicitada pelo prefeito de Uvalde, Don McLaughlin, e "será justa, transparente e independente", acrescentou Coley.

Salvador Ramos, um adolescente de 18 anos, invadiu a Robb Elementary School em Uvalde na terça-feira, matando 19 crianças e dois professores, o mais recente de uma série de tiroteios em massa nos Estados Unidos. Após o tiroteio, o comportamento dos policiais foi seriamente criticado pelo tempo que levaram para agir.

As autoridades do Texas admitiram na sexta-feira que 19 policiais permaneceram no corredor da escola por quase uma hora antes de invadir a sala de aula em que o atirador estava e matá-lo. A principal autoridade de segurança do estado disse na sexta-feira que a polícia tomou uma "decisão errada" porque pensou que o agressor havia parado de matar e estava encurralado.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895