Disney comunica prejuízo de US$ 1,4 bilhão por Covid-19

Disney comunica prejuízo de US$ 1,4 bilhão por Covid-19

Maior parte dos danos econômicos ocorreu por fechamento de parques

Por
R7


publicidade

A Walt Disney Corporation, uma das maiores empresas de entretenimento do mundo, informou nesta terça-feira que registrou um prejuízo de 1,4 bilhão de doláres após o fechamento de parques, cancelamentos de filmes e queda na publicidade por causa da pandemia da Covid-19. Em uma entrevista para a BBC, o presidente da companhia, Bob Iger, afirmou que a maior fatia deste prejuízo, cerca de 1 bilhão de dólares, foi devido ao fechamento de seus parques ao redor do mundo.

Além disto, a empresa teria sofrido uma queda acentuada nas receitas com publicidade, que é a principal fonte de financiamento da produção televisiva do grupo Walt Disney e que os investimentos na plataforma de streaming do grupo também impactaram no resultado negativo nas finanças da companhia.

Mesmo com o prejuízo, o grupo anunciou ainda que faz um plano de reabertura de alguns de seus parques com uma politica de uso de máscaras e medições de temperaturas. Também em entrevista para a BBC, o diretor-executivo Bob Chapek afirmou que ainda e cedo para retomar todas as operações, mas que vão avaliar "uma série de cenários diferentes para garantir uma abordagem cautelosa, sensata e deliberada para a eventual reabertura de nossos parques".


Por outro lado, a companhia anunciou que tomou várias medidas para reduzir o impacto da crise em suas finanças, entre elas reduzindo investimentos e a suspensão de pagamento de dividendos para acionistas, além de ter interrompido e reduzido a remuneração de boa parte de seus funcionários.