Espanha deixa estado de emergência no domingo

Espanha deixa estado de emergência no domingo

País foi um dos mais atingidos pelo coronavírus no mundo

AE

Espanha sairá do estado de emergência

publicidade

A Espanha deixará o estado de emergência vigente desde março à meia-noite de domingo (21), com a entrada de todo o país no que o governo local chama de "novo normal" e a reabertura das fronteiras após o controle da pandemia da Covid-19 na região. "Estamos em condições de avançar, temos o dever de fazê-lo, mas a advertência é clara: o vírus pode voltar", escreveu em sua conta no Twitter o primeiro-ministro Pedro Sánchez.

A Espanha foi um dos países mais atingidos pelo novo coronavírus no mundo. Entre ontem e hoje, foram confirmados 134 novos casos no país, elevando o total a 245.938. 36 novas mortes entraram para as estatísticas nas últimos 24 horas, e assim, o número de óbitos causado pela doença no país foi a 28.322.

Já o Reino Unido reportou 1.295 novos casos da covid-19 neste sábado, número ligeiramente menor que o registrado ontem. As mortes subiram para 42.589, com 128 óbitos confirmados entre ontem e hoje. O país vive a expectativa de novas regras para o distanciamento social, após o ministro Boris Johnson declarar que, na próxima semana, o governo vai anunciar se revisará ou não a norma que determina que as pessoas devem ficar distantes dois metros umas das outras.

Na vizinha França, os torcedores devem ser autorizados a voltar aos estádios de futebol a partir de 10 de julho, com limite inicial de 5 mil torcedores por jogo. Noël Le Graët, presidente da Federal Brasileira de Futebol, disse que é possível que mais espectadores tenham a entrada liberada na final da Copa da França, no final do próximo mês, e na volta da Liga 1, no final de agosto.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895