Espanha tem menor número de mortes por Covid-19 em quase 20 dias

Espanha tem menor número de mortes por Covid-19 em quase 20 dias

Por outro lado, Estados Unidos tiveram pior dia desde o início da pandemia, com mais de 2 mil mortos em 24 horas

R7

Espanha já registrou 16.081 óbitos decorrentes pela doença

publicidade

A quantidade de mortos por Covid-19 em um único dia perdeu ritmo na Espanha até a última sexta-feira e atingiu o menor número desde 23 de março, portanto, há 19 dias.

O Ministério da Saúde espanhol informou, neste sábado, que 510 pessoas não resistiram aos efeitos da doença provocada pelo novo coronavírus nas últimas 24h.

Por outro lado, o número de pessoas infectadas aumentou 3% no período. Ao todo, 4.830 casos foram confirmados só na sexta-feira e, agora, a Espanha tem um total de 161.852 pessoas que testaram positivo para a doença, à frente da Itália. 

A notícia positiva é que outros 3.441 pacientes que portavam a Covid-19 receberam alta médica e estão em casa.

Com isso, 59.109 espanhois já venceram a doença, quase 37% de todos os casos registrados no país.

Estados Unidos

Foto: Spencer Platt / Getty Images North America / Getty Images via AFP / CP

No outro lado do Atlântico Norte, os Estados Unidos tiveram ontem o pior dia desde o início da epidemia, com mais de 2 mil mortes em 24 horas. O número de casos confirmados de Covid-19 superou 500 mil. 

Os óbitos chegam a 18.651 (8.000 apenas no estado de Nova Iorque), ligeiramente abaixo da Itália, que registrou o maior número de fatalidades em todo o planeta. 

Um estudo publicado ontem no país estima que se as medidas de distanciamento social forem afrouxadas nos estados em 30 dias, o número de mortes nos EUA pode atingir 200 mil. Atualmente, 42 dos 50 estados têm ordens para que a população permaneça em casa.

De acordo com um monitoramento em tempo real da Universidade Johns Hopkins, nos EUA, o mundo registrava até este sábado 1.709.014 casos de Covid-19, que incluem 103.257 óbitos e 378.838 pessoas curadas da doença. 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895