EUA acredita ser "provável" que míssil iraniano derrubou avião da Ucrânia

EUA acredita ser "provável" que míssil iraniano derrubou avião da Ucrânia

Declarações do secretário Mike Pompeo ocorrem quando o Irã enfrenta crescente pressão internacional para permitir uma investigação transparente

AFP

Secretário de Estado Mike Pompeo disse os Estados Unidos acreditam que "é provável" que um míssil iraniano tenha derrubado um avião ucraniano

publicidade

O secretário de Estado Mike Pompeo disse nesta sexta-feira que os Estados Unidos acreditam que "é provável" que um míssil iraniano tenha derrubado um avião ucraniano que caiu perto de Teerã, matando todas as 176 pessoas a bordo. "Acreditamos que é provável que o avião tenha sido abatido por um míssil iraniano. Vamos deixar a investigação acontecer antes de tomarmos uma decisão final".

As declarações de Pompeo ocorreram quando o Irã enfrenta crescente pressão internacional para permitir uma investigação transparente do acidente do Boeing 737 na quarta-feira, que vários governos ocidentais atribuíram ao ataque acidental de mísseis.

Nesta sexta, as autoridades iranianas garantiram que o Boeing ucraniano que caiu perto de Teerã "não foi alcançado por um míssil". A declaração foi do presidente da Organização da Aviação Civil iraniana (CAO), Ali Abedzadeh, em entrevista coletiva em Teerã. Ele comentou ainda que as informações das caixas-pretas serão cruciais para o andamento da investigação. 

O voo PS752 da companhia Ukraine Airlines International caiu na quarta-feira de manhã minutos depois de decolar do aeroporto de Teerã. Morreram as 176 pessoas a bordo do Boeing 737. 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895