EUA e E3 apoiam Acordo com Irã e concordam que Teerã não deve ter arma nuclear

EUA e E3 apoiam Acordo com Irã e concordam que Teerã não deve ter arma nuclear

E3 também viu como positivas as perspectivadas de que Estados Unidos se reengajem no acordo nuclear acertado em 2015

AE

Potências pedem que Irã não tome "novos passos ao não cumprimento" do acordo

publicidade

Após reunião ministerial, os representantes de Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e França (grupo europeu conhecido por E3) concordaram que o Irã não pode "nunca desenvolver uma arma nuclear". Em comunicado conjunto, o E3 viu como positivas as perspectivas de que os EUA se reengajem no Plano de Ação Abrangente Conjunta (JCPOA, na sigla em inglês), acertado em 2015 sobre a questão nuclear iraniana. Além dos cinco países, o acordo nuclear também teve Rússia e China como parte.

Segundo o comunicado, as potências ocidentais pedem que o Irã não tome "novos passos ao não cumprimento" do acordo, tendo em vista o anúncio de Teerã de que não irá mais permitir visitas não autorizadas em instalações potencialmente nucleares por parte Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Veja Também

O documento destaca que, segundo o presidente dos EUA, Joe Biden, "se o Irã voltar a cumprir estritamente seus compromissos sob o JCPOA, os EUA farão o mesmo, e estão preparados para se envolver em discussões nesse sentido".

O documento também afirma que os ministros concordaram em cooperar por conta dos "desafios colocados globalmente pela China".

Outro ponto comum é a parceria na vacinação contra a Covid-19, com foco na iniciativa Covax. "E3 e EUA concordam em ação coletiva para implementar o Acordo de Paris" em referência às mudanças climáticas, afirma o comunicado.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895