EUA e México retomam Diálogo Econômico de Alto Nível, em pausa desde 2016

EUA e México retomam Diálogo Econômico de Alto Nível, em pausa desde 2016

Ação tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento e o crescimento econômico mútuos

AFP

Encontro foi acertado por Joe Biden (EUA) e o presidente do México, Andrés Manuel López Obrado

publicidade

Estados Unidos e México realizarão, nesta quinta-feira, o primeiro Diálogo Econômico de Alto Nível (Dean) desde 2016, uma reunião a nível de gabinete com o objetivo de fomentar o desenvolvimento e o crescimento econômico mútuos, anunciaram os governos de ambos os países.

O encontro, que acontecerá presencialmente em Washington, foi decidido em março entre o presidente Joe Biden e seu homólogo mexicano, Andrés Manuel López Obrador, que concordaram em retomar este encontro anual iniciado em 2013, mas que foi interrompido durante o governo de Donald Trump.

"O DEAN complementa e reforça toda a gama de questões de importância para a relação bilateral, incluindo a recuperação da pandemia de covid-19, a construção da resiliência climática, a abordagem das causas fundamentais da migração e a cooperação em questões de segurança", disse a Casa Branca em um comunicado.

Veja Também

"México e Estados Unidos sãos amigos, sócios e aliados, e este diálogo fortalecerá ainda mais a integração produtiva que já existe entre nossas nações", afirmou a chancelaria mexicana.

Ambos os governos informaram que o Diálogo deste ano se concentrará em quatro pilares: reconstruir juntos; promover o desenvolvimento econômico e social sustentável no sul do México e na América Central; garantir as ferramentas para a prosperidade futura; e investir no povo.

A delegação americana estará liderada pela vice-presidente Kamala Harris, e incluirá os secretários de Estado, Antony Blinken; Comércio, Gina Raimondo; e Segurança Interna, Alejandro Mayorkas. Também comparecerão a representante comercial dos Estados Unidos (USTR), Katherine Tai; a administradora da agência para o desenvolvimento internacional USAID, Samantha Power e o embaixador dos EUA no México, Ken Salazar.

Pelo México, participarão o chanceler Marcelo Ebrard, a secretária de Economia, Tatiana Clouthier; e os subsecretários da Fazenda, Gabriel Yorio; e Comércio Externo, Luz María de la Mora; assim como o encarregado da América do Norte na chancelaria, Roberto Velasco; e o embaixador mexicano nos Estados Unidos, Esteban Moctezuma.

O DEAN, lançado pelos ex-presidentes Barack Obama e Enrique Peña Nieto, busca avançar nas prioridades estratégicas econômicas e comerciais da relação bilateral.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895