EUA estima que Rússia recorrerá à força contra Ucrânia em meados de fevereiro

EUA estima que Rússia recorrerá à força contra Ucrânia em meados de fevereiro

Vice-secretária de Estado Wendy Sherman não sabe se Putin tomou "uma decisão definitiva" a respeito

AFP

Jogos Olímpicos de Pequim podem ter impacto na agenda de Putin, diz Wendy Sherman

publicidade

Os Estados Unidos estimam que a Rússia pode fazer "uso da força militar" contra a Ucrânia, "talvez" em meados de fevereiro, afirmou a vice-secretária de Estado Wendy Sherman nesta quarta-feira (26). "Tudo indica" que o presidente russo Vladimir Putin "fará uso da força militar em algum momento, talvez entre agora e meados de fevereiro", disse, mas afirmou que não sabe se o governante tomou "uma decisão definitiva" a respeito.

"Não sei o que passa pela cabeça do presidente Putin. Só tem uma pessoa que sabe e é o próprio presidente Putin", disse durante uma participação virtual do Yalta European Strategy, um fórum de reflexão sobre "o futuro europeu da Ucrânia". "Acredito que até as pessoas que o cercam não sabem o que fará no final", afirmou.

A número dois da diplomacia americana também disse que os Jogos Olímpicos de Pequim, que começam no início de fevereiro com uma cerimônia que contará com a presença de Putin, poderiam "ter um impacto em sua agenda".

"Todos sabemos que os Jogos de Pequim começam em 4 de fevereiro com a cerimônia de abertura e o presidente Putin estará lá. Acho que provavelmente não alegrará o presidente Xi Jinping se Putin escolher esse momento para invadir a Ucrânia", argumentou Wendy Sherman.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895