EUA fecham ponte fronteiriça com o México por chegada de migrantes
capa

EUA fecham ponte fronteiriça com o México por chegada de migrantes

Medida durou duras horas

Por
AFP

Estados Unidos fecharam por duas horas a ponte internacional que liga a cidade texana de El Paso à mexicana Ciudad Juárez, em Chihuahua

publicidade

Os Estados Unidos fecharam por duas horas neste sábado (17) a ponte internacional que liga a cidade texana de El Paso à mexicana Ciudad Juárez, em Chihuahua, ante a presença de um grupo de migrantes em situação irregular, informou a Polícia do México. Agentes do serviço de Fiscalização de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos (CBP) bloquearam na madrugada a passagem de motoristas e pedestres pela ponte internacional Santa Fé, também chamada Passagem do Norte, colocando arames farpados. 

Meia centena de migrantes mexicanos e centro-americanos apareceram na ponte com a intenção de cruzá-la, mas as autoridades de Estados Unidos e México os convenceram a desistir enquanto o CBP fechava a passagem fronteiriça, reportou à AFP um funcionário da Polícia Federal mexicana. O fechamento durou duras horas. Agentes do CBP abriram a ponte após se certificarem de que os migrantes já tinham partido. 

Desde outubro do ano passado, os fluxos migratórios que cruzam o território mexicano para entrar ilegalmente nos Estados Unidos experimentaram uma escalada que tensionaram as relações entre Washington e México. Em junho, Washington ameaçou impor tarifas alfandegárias às exportações mexicanas se o governo do presidente Andrés Manuel López Obrador não detivesse a passagem de migrantes em situação irregular, sobretudo guatemaltecos, hondurenhos e salvadorenhos. 

Em resposta, o México enviou 21 mil soldados, 6.000 em sua fronteira sul - por onde a grande maioria de ilegais acessam - e 15.000 no norte, onde compartilha 3.200 km de fronteira com os Estados Unidos. 

Os Estados Unidos ameaçam impôr as tarifas se o México não demonstrar em setembro a redução do fluxo de migrantes ilegais.