Evo Morales reitera apoio a busca por solução pacífica para a Venezuela

Evo Morales reitera apoio a busca por solução pacífica para a Venezuela

Governo dos EUA afirmou não descartar ação militar em países contrários a intervenção

AE

Grupo de Lima divulgou nota pedindo reunião com UE, Uruguai, México e Bolívia

publicidade

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou pelo Twitter que apoia a postura do Grupo de Lima de buscar uma solução pacífica para a crise na Venezuela. "Saudamos que os países do chamado Grupo de Lima rejeitem a intervenção militar na Venezuela. Como irmãos latino-americanos, devemos encontrar a solução para nossos assuntos sempre a partir do diálogo com respeito à vida. A América Latina é uma zona de paz com dignidade e soberania", escreveu ele, neste sábado, em sua rede social.
 

 


Após reunião na sexta-feira, o Grupo divulgou nota pedindo reunião com a União Europeia, o Uruguai, o México, e a Bolívia. O Grupo também defendeu a inclusão de Cuba nas negociações. Apesar de o governo dos Estados Unidos afirmar que não descarta ações militares, os países latino-americanos ainda não se mostraram dispostos a apoiar uma intervenção na Venezuela.

 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895