Ex-presidente peruano Fujimori deixa hospital e volta à prisão
capa

Ex-presidente peruano Fujimori deixa hospital e volta à prisão

Ele precisou ser internado por conta de problemas respiratórios e neurológicos

Por
AFP

Fujimori foi condenado a 25 anos de prisão


publicidade

O ex-presidente Alberto Fujimori deixou o hospital depois de superar algumas de suas doenças e voltou à prisão para continuar cumprindo sua sentença de 25 anos, informou seu médico Alejandro Aguinaga à AFP nesta sexta-feira. Fujimori (1990-2000) recebeu alta na noite de quinta-feira na Clínica do Centenário do Peru, onde foi internado segunda-feira de madrugada, e retornou à sede da Diretoria de Operações Especiais da Polícia (Diroes), leste de Lima, onde é o único prisioneiro.

O ex-presidente, de 81 anos, foi hospitalizado na tarde de domingo após sofrer problemas respiratórios e neurológicos (paralisia facial) e hipertensão. Ele foi condenado em 2009 por dois assassinatos perpetrados por esquadrões da morte compostos por militares que operavam durante seu governo e por atos de corrupção.


Fujimori encerra sua sentença em 2033. O ex-governante fez sua última declaração pública há nove dias para lamentar que Keiko, sua filha, tenha sido presa: "Existe uma obsessão política contra a família Fujimori", afirmou ele em um manuscrito.