Explosão de caminhão-tanque deixa mais de 60 mortos na Tanzânia
capa

Explosão de caminhão-tanque deixa mais de 60 mortos na Tanzânia

Até então, 62 pessoas morreram e 72 estão feridas

Por
AFP

Multidão saqueava combustível que vazava do veículo

publicidade

Pelo menos 62 pessoas morreram neste sábado quando um caminhão-tanque capotou e explodiu no momento em uma multidão saqueava o combustível que vazava, no leste da Tanzânia, anunciou um oficial da polícia local. "Lamentamos 62 mortos, 58 homens e quatro mulheres. Há também 72 feridos, 64 homens e 8 mulheres, no hospital de Morogoro", disse Liberatus Sabas, chefe de operações da polícia da Tanzânia. Os eventos ocorreram nos arredores de Morogoro, cerca de 200 km a oeste de Dar es Salaam.

Logo após o veículo capotar, motoristas de táxi se reuniram no local do acidente para tentar recuperar o combustível, assim como os moradores da área. Uma autoridade explicou que enquanto alguns enchiam seus garrafões, um homem tentou ligar a bateria do caminhão, o que causou o incêndio e consequente explosão. Outras testemunhas atribuem a origem do fogo a um cigarro.

Tais acidentes fatais são comuns no continente africano. No início de julho, no centro da Nigéria, pelo menos 45 pessoas morreram e 100 ficaram feridas durante a pilhagem da população de um petroleiro que explodiu. No início de maio, outra catástrofe semelhante ocorreu no Níger, com 80 mortos.

Entre os acidentes mais letais estão os que ocorreram em 2015 em Maridi, a 300 quilômetros a oeste de Juba, no Sudão do Sul, com 203 vítimas, ou na República Democrática do Congo, em 2010, onde 292 pessoas perderam a vida.