Falha em planta nuclear russa pode estar elevando radiação na Europa
capa

Falha em planta nuclear russa pode estar elevando radiação na Europa

Níveis de radioatividade subiram na Finlândia, Suécia e Noruega; Rússia nega problemas

Por
R7

Níveis de radiação preocupam a Europa


publicidade

Uma falha em uma planta nuclear na Rússia pode estar aumentando os níveis de radiação no norte da Europa, ainda que em proporções baixas.

Segundo o jornal britânico The Independent, autoridades da Finlândia, Noruega e Suécia anunciaram no começo da semana que os níveis de radiação pela região da Escandinávia e Ártico subiram.

As autoridades de Segurança de Radiação da Suécia disseram que não conseguiram confirmar a fonte dessa radiação, mas autoridades holandesas analisar os dados dos países nórdicos e indicaram que a radioatividade está vindo da Rússia.

A quantidade de radiação encontrada na região da Escandinávia é inofensiva para humanos e o meio ambiente.

Responsáveis pela planta nuclear de Rosenergoatom, na Rússia, negaram que a base esteja com algum defeito ou problema.

A agência de notícias russa Taas conversou com um trabalhador da empresa nuclear, que teve sua identidade preservada, e ele garantiu que a planta está funcionando “normalmente, com os níveis de radiação dentro do normal”.

Segundo o funcionário, os níveis das duas plantas não mudou durante o mês de junho e que nenhum incidente foi relatado.


A Rússia é um dos maiores produtores de energia nuclear no mundo, com 10 plantas nucleares operando no país.