Fumaça de incêndios no oeste dos EUA chega a Nova Iorque

Fumaça de incêndios no oeste dos EUA chega a Nova Iorque

Fumaça deverá permanecer a uma altura de 4.500 a 6.000 metros acima da capital econômica americana

AFP

A fumaça deverá dispersar-se antes da quarta-feira

publicidade

A fumaça dos incêndios que devastam o oeste dos Estados Unidos atravessou o país e alcançou nesta terça-feira o céu de Nova Iorque, informaram sites de meteorologia.

De acordo com o site Clima da Área Metropolitana de Nova Iorque, a fumaça, que deverá permanecer a uma altura de 4.500 a 6.000 metros acima da capital econômica americana, era responsável por um céu levemente enevoado desta terça-feira.

Há dias a fumaça estava presa acima da costa oeste devido a fortes pressões. Mas, na segunda-feira, começou a mover-se rumo ao leste do país. Desde segunda-feira à noite, o Serviço Nacional do Clima menciona a presença de fumaça oriunda do oeste dos Estados Unidos e visível em fotos de satélites.

Embora a fumaça tenha provocado contaminação em cidades como Vancouver, Portland, Oregon ou San Francisco, acredita-se que terá impacto limitado na qualidade do ar de Nova Iorque, de acordo com os especialistas. A fumaça deverá dispersar-se antes da quarta-feira.

As dezenas de focos de incêndio que devastam a costa oeste há dias deixaram pelo menos 35 mortos desde o início do verão boreal, 27 deles na última semana nos estados de Washington, Oregon e Califórnia. No total, cerca de cinco milhões de hectares foram devastados pelo fogo, o que levou líderes democratas a insistir na necessidade de lutar contra a mudança climática.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895