Governador de Nova Iorque critica atuação do Brasil no combate ao coronavírus

Governador de Nova Iorque critica atuação do Brasil no combate ao coronavírus

Para Andrew Cuomo, Brasil e Suécia estão permitindo um alto índice de mortalidade por Covid-19 por relativizarem gravidade da doença

AE

Cuomo ainda ressaltou a importância da testagem em massa da população

publicidade

O governador do estado norte-americano de Nova Iorque, Andrew Cuomo, fez críticas à atuação do Brasil no combate à pandemia do coronavírus, em coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira.

Para ele, a estratégia adotada por Brasil e Suécia está permitindo um alto índice de mortalidade por Covid-19. "Nesses países, você deixa acontecer. Quem for infectado, foi infectado. Quem morrer, morreu. Mas, dessa forma, muitas pessoas morrem", declarou, em tom crítico, após defender que a flexibilização das medidas de isolamento social no estado seja gradual, para evitar um salto no número de casos da doença.

Cuomo ainda ressaltou a importância da testagem em massa da população. "Com os testes, você consegue identificar os doentes e isolá-los pontualmente. Isso vai nos fornecer mais dados sobre a infecção", afirmou, ao comentar a velocidade do fim da quarentena.

Nova Iorque é o epicentro da pandemia nos Estados Unidos, totalizando 15.302 mortes por coronavírus até esta quarta-feira, sendo 474 só nas últimas 24 horas.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895