Governadores e embaixador da China discutem liberação de insumos para vacina

Governadores e embaixador da China discutem liberação de insumos para vacina

Wanming Yang teve reunião com gestores do Piauí, São Paulo e Maranhã

AE

publicidade

Governadores realizam na manhã desta quinta-feira, 20, uma reunião, por videoconferência, com o embaixador da China no Brasil, Wanming Yang, para tratar da liberação de insumos para a produção da vacina da Coronavac. Em publicação no Twitter, os governadores de São Paulo, João Doria (PSDB), e do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), publicaram uma foto da reunião.

Na foto, é possível notar também a presença do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, no encontro. O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirmou que os governadores têm como "pauta em comum" a liberação de insumos. "E vamos seguir ampliando nessa relação", acrescentou.

Em entrevista coletiva de imprensa realizada na quarta-feira no Palácio dos Bandeirantes, o diretor do Butantan anunciou que devem chegar ao País 3 mil litros de insumos vindos da China para a produção da vacina da covid-19 na próxima semana. Diante da redução da quantidade de insumos, inicialmente de 10 mil litros para 4 mil litros no começo da semana e agora 3 mil litros, Covas afirma que o cronograma de entrega de doses de imunização para maio não será mantido.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895