Governo britânico envia carta à UE pedindo extensão do prazo para saída do bloco
capa

Governo britânico envia carta à UE pedindo extensão do prazo para saída do bloco

Primeiro-ministro Boris Johnson não assinou o documento

Por
AE

Primeiro-ministro Boris Johnson não assinou a carta enviada ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk (foto)

publicidade

O governo britânico pediu formalmente à União Europeia um adiamento do prazo para a saída do Reino Unido do bloco. O primeiro-ministro Boris Johnson, que rejeita a extensão do Brexit, não assinou a carta, enviada na noite deste sábado ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk. O premiê enviou também uma segunda carta pedindo aos líderes da UE que não concedam a extensão.

"A solicitação de extensão acabou de chegar. Agora vou começar a consultar os líderes da UE sobre como reagir", disse Tusk, em sua conta no Twitter.

O pedido do governo britânico marca um revés político para Johnson apenas alguns dias depois de ele ter concluído com êxito uma renegociação dos termos de retirada do Reino Unido da UE. Neste sábado, parlamentares britânicos votaram para adiar a decisão se apoiam ou não o acordo Brexit fechado por Johnson com a União Europeia, atrapalhando os planos do governo de deixar o bloco no fim deste mês.