Incêndio em maternidade mata oito bebês na Argélia
capa

Incêndio em maternidade mata oito bebês na Argélia

Defesa Civil deslocou dezenas de veículos para combate às chamas

Por
AFP

Equipes de resgate puderam salvar 146 pessoas

publicidade

Oito bebês morreram na noite dessa segunda para terça-feira em um incêndio numa maternidade no Centro-Oeste da Argélia, informou uma autoridade da Defesa Civil. O incêndio começou às 3h50min (23h50min de segunda-feira no horário de Brasília) no hospital maternidade de Oued Souf, na região noroeste do Saara argelino.

"Infelizmente, temos que lamentar a morte de oito bebês, alguns queimados e outros asfixiados pela fumaça", disse o capitão Nasim Bernaui. Ele explicou que os bombeiros e os serviços da Defesa Civil "conseguiram salvar onze crianças, 107 mulheres e 28 funcionários" do centro médico.

A Defesa Civil mobilizou dezenas de veículos para acabar com o incêndio, que já foi controlado. No momento, as causas do incêndio são desconhecidas e o primeiro-ministro Nuredin Bedui solicitou a abertura urgente de uma investigação.

Bedui apresentou suas condolências às famílias das vítimas. Esta mesma maternidade foi devastada em maio de 2018 por um incêndio que provocou importantes danos materiais, mas nenhuma perda humana.