Incêndio na Sibéria deixa 11 mortos
capa

Incêndio na Sibéria deixa 11 mortos

Todas as vítimas trabalhavam para uma empresa florestal

Por
AFP

publicidade

Onze pessoas morreram, nesta terça-feira, no incêndio de uma construção de madeira que abrigava trabalhadores imigrantes na região de Tomsk, na Sibéria Ocidental, segundo informações das autoridades locais. Deflagrado durante a noite, o fogo destruiu completamente o imóvel de 200 m2 situado na localidade de Pritchulimski, a cerca de 100 quilômetros do nordeste de Tomsk, capital da região de mesmo nome, indicou o posto local do Ministério russo para Situações de Emergência.

"Foram encontrados os corpos de 11 pessoas", afirmou o Ministério em um comunicado. Duas pessoas conseguiram sobreviver às chamas, acrescentou a mesma fonte. "Segundo dados preliminares, 12 cidadãos uzbeques moravam na casa. Dez morreram no incêndio, dois receberam ajuda médica", informou o Ministério uzbeque para Situações de Emergência.

Entre os mortos, há um cidadão russo. Todas as pessoas trabalhavam para uma empresa florestal baseada em Tomsk. Milhões de trabalhadores provenientes da Ásia Central vivem na Rússia, com baixos salários, em empresas que desrespeitam as normas de segurança.