Israel reabrirá fronteiras para turistas vacinados

Israel reabrirá fronteiras para turistas vacinados

Pessoas terão que apresentar PCR ou antígeno negativo feito antes de embarcar no avião para o país

AFP

Israel tinha decidido fechar fronteiras por conta da variante ômicron

publicidade

O governo israelense anunciou nesta segunda-feira que reabrirá suas fronteiras, na próxima semana, para turistas estrangeiros vacinados. Elas foram fechadas no mês passado, depois da detecção de um primeiro caso da variante ômicron em uma pessoa que voltava da África do Sul.

A partir de 9 de janeiro, os estrangeiros vacinados procedentes dos "países (em situação) laranja" poderão entrar em Israel, apresentando um teste de PCR ou antígeno negativo feito antes de embarcar no avião, e outro de PCR ao chegar ao território israelense, onde terão de esperar o resultado isolados por 24 horas, disse o governo, em um comunicado.

Veja Também

A maioria dos países está nesta lista "laranja", ou seja, apresentam risco médio vinculado à Covid-19. Já a lista "vermelha" é composta daqueles considerados de alto risco. No momento, são 17 no total, incluindo França, Canadá, Reino Unido, África do Sul e Estados Unidos.

Nesta segunda-feira, porém, o Comitê de Classificação recomendou a remoção de sete países desta lista vermelha, entre eles, França, Canadá e África do Sul.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895