Johnson responsabiliza Irã por ataques a instalações sauditas

Johnson responsabiliza Irã por ataques a instalações sauditas

Primeiro-ministro estuda resposta internacional contra tensões na região

AFP

Declaração foi dada por Johnson diante da Assembleia Geral da ONU

publicidade

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, acusou o Irã de estar por trás dos ataques contra duas instalações de petróleo da Arábia Saudita, em uma entrevista aos jornalistas que acompanham sua viagem a Nova York, onde deve se reunir com o presidente iraniano Hassan Rohani.

"Posso dizer que o Reino Unido atribui ao Irã com um nível muito elevado de probabilidade os ataques da Aramco" (o grupo estatal saudita de petróleo), afirmou o líder conservador a bordo do avião que o transporta para Nova York para a Assembleia Geral da ONU, segundo a agência britânica Press Association. "A dificuldade é saber como organizar uma resposta internacional", disse o chefe de Governo.

"Vamos trabalhar com nossos amigos americanos e nossos amigos europeus para construir uma resposta que tente reduzir as tensões na região do Golfo", completou. O Irã nega qualquer envolvimento nos ataques de 14 de setembro, atribuídos a Teerã por Washington.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895